Avisos do Vesúvio

13/04/2009

 

Descobrimento


O índio fala.

Deus dos cabelos cor de ouro, és então o Prometido, aquele a quem por tantas luas aguardamos? Ouviste a nossa espera, cumpriste a profecia? Pesa-te a tua missão ou é encargo de amor e de entrega, que te completa o corpo e a alma? És o enviado dos deuses ou sou eu apenas um visionário? Vieste para eliminar a dor, para casar o Sol e a Lua que moram em cada um de nós? É aqui o teu reino ou escondes teu paraíso do outro lado do oceano?

 

O branco fala.

Homem da pele que o sol coloriu, a lição és tu quem me ensinas. Um dia saberei que me enganei de riqueza e, cego, errei o alvo de minha ambição. Minha sina é buscar teu ouro e te roubar a alma e esquecer tua lição de amor. Tu, filho inocente da natureza, que pisas o paraíso e não pressentes. Perdoa a meu corpo por deixar correr nele o sangue que há de te esmagar e destruir. Ser humano sou. E por humano ser desafio os deuses e suas amorosas leis.

 


Escrito por Frank de Oliveira às 22h39
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog